Programa de mutirão mobiliza voluntários e população do Pitimbu
08 March 2004

Natal: A questão ambiental e o comprometimento dos recursos hídricos são pautas atuais de discussões ante a proliferação do crescimento urbano e da conseqüente contaminação das reservas de água potável.

Pensando nisso, o Natal Voluntários estará promovendo, neste 20 de março, o 2º Mutirão do Programa TEMPO, alertando a sociedade para a problemática ambiental do Vale do Pitimbu, que compreende o Conjunto Habitacional Cidade Satélite, o Rio Pitimbu e a Avenida dos Caiapós, através do plantio de mudas e da conscientização ambiental.

Para esta 2º Ação do Programa TEMPO, estão previstas o plantio de 400 mudas na área urbana do Pitimbu, além de educação ambiental para a população e os voluntários que participarão do Mutirão. Ronilly dos Santos, técnico florestal do Horto Florestal Parque do Pitimbu, dará orientações durante o plantio das mudas.

Haverá uma palestra elucidativa, aproveitando a Festa Anual da árvore, comemorado, no Norte e Nordeste, no final de março, relacionando a importância da árvore com a questão dos recursos hídricos, ministrada pelo Coordenador do Núcleo de Educação Ambiental do IBAMA, Alvamar de Queiroz. Segundo a técnica em assuntos educacionais do IBAMA, Liliana Lincka, as questões ambientais não podem ser tratadas de forma aleatória. "É preciso entender os processos ambientais e a manutenção dos lençóis freáticos. As árvores produzem oxigênio, fixam e enriquecem o solo, evitando a erosão, além de colaborar, inclusive, com a manutenção das vias públicas, retendo a água da chuva e encaminhando-a para as reservas subterrâneas".

A grande maioria dos poços da cidade do Natal apresentam elevados índices de contaminação, com teor superior ao máximo admitido pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Estes poços ainda operam graças a mistura desta água, demasiadamente contaminada, com a água, ainda limpa, do Rio Pitimbu.

Mas o Rio Pitimbu está sendo constante alvo de crimes ambientais. Dejetos, lançamentos de esgotos domésticos, são jogados indiscriminadamente nas proximidades e nas águas do Rio, contaminando suas reservas subterrâneas e, conseqüentemente, a água que abastece 30% da população de Natal e que serve para a diluição das águas contaminadas dos demais poços de Natal. Ações precisam ser feitas ou haverá um colapso irreversível no abastecimento público. Estudos mostram que o tempo estimado para a recuperação do aqüífero subterrâneo, é de 300 anos. Segundo Kalazans Bezerra, Coordenador do Movimento Pró-Pitimbu, a arborização de áreas verdes preservam espaços contra a ocupação urbana desordenada, garantindo a infiltração das águas das chuvas e contribui para o micro-clima do bairro. "Esta área, próxima ao rio, onde serão plantadas as mudas, recebe contribuições provenientes do lençol freático, alimentando o rio", avalia Kalazans.

  • 2º Mutirão do Programa TEMPO acontecerá sábado, dia 20, e será promovido pelo Natal Voluntários em parceria com a Rede Cabugi de Comunicações, Varig e Cosern, além de contar com o apoio técnico do IBAMA, Horto Florestal Parque do Pitimbu, URBANA e Movimento Pró-Pitimbu.

  • Interessados em participar devem se cadastrar previamente na sede do Natal Voluntários levando uma foto 3x4 para adquirir o Passaporte do TEMPO e receber orientação sobre o local de concentração do Mutirão. Para o 2º TEMPO já estão confirmadas as presenças de vários grupos empresariais, incluindo os voluntários da Varig, do DIA, Fonte Clara, Banco Real, Marquise e Cosern, que está mobilizando um grande número de funcionários.

  • Programa TEMPO é uma boa oportunidade para as empresas praticarem o Voluntariado

    Empresarial.


  • 1º Mutirão do TEMPO foi uma campanha domiciliar visando conscientizar a população do Conjunto Ponta Negra para a importância da coleta seletiva do lixo. Os resultados relevantes conseguidos pelo Programa despertaram uma motivação ainda maior para a realização do 2º TEMPO.

  • Disseminação da idéia

    Um dos objetivos do Tempo é estimular o desenvolvimento de lideranças individuais e sistematizar os mutirões para serem difundidos em outras localidades.

    Genildo de Oliveira Junior, Diretor-Presidente do grupo de jovens, CIVOC (Centro de Informações Voltado à Comunidade) participou do 1º Tempo e levou a idéia para Mossoró, onde estará realizando o primeiro Mutirão do Programa TEMPO, no dia 14 de março (domingo). Cerca de 200 voluntários farão visitas domiciliares nos bairros Boa Vista e Doze Anos, conscientizando a população sobre o combate e prevenção da dengue. A concentração será às 8 horas no QRV Clube, localizado no bairro Boa Vista.

    From: Natal Voluntários, Brazil



    This page can found at: http://www.worldvolunteerweb.org/browse/countries/brazil/doc/programa-de-mutirao-mobiliza.html